Não caia no golpe do cartão de crédito, veja aqui como se proteger!

Não caia no golpe do cartão de crédito! Saiba como os criminosos atuam e como se proteger com 5 dicas que preparamos.

 

Não caia no golpe do cartão de crédito

 

Publicidade


Se você acompanhou a reportagem exibida pelo Fantástico neste último domingo, 30, deve ter ficado preocupado(a) com os números alarmantes de golpes relacionados aos cartões de crédito.

Como tomar cuidado?

 

Publicidade

Desde o início da pandemia, quando muitos setores migraram para o home office e muita gente passou a trabalhar em casa, os criminosos passaram a focar mais nos crimes cibernéticos, incluindo golpes com cartão.

Publicidade


É muito importante que você tome algumas medidas básicas para garantir a sua segurança e evitar que o pior aconteça.

Por isso, preparamos este artigo para te passar os 5 principais cuidados que você deve ter para se proteger de golpes com o cartão de crédito.

Golpe do cartão de crédito: o que está acontecendo?

 

Publicidade


Os golpes com cartões de crédito, empréstimos e produtos financeiros não são novidade, mas o intenso aumento desses crimes no último ano tem incomodado muita gente.

Publicidade

A preocupação se dá, pois muitas pessoas estão sendo vítimas e um rombo bilionário vem sendo deixado.

Então, o que está acontecendo?

Publicidade


O que ocorre é que cada vez mais os bandidos estão se voltando para os crimes cibernéticos e tudo isso ocorre através do vazamento de informações.

Informações pessoais na internet

 

Como utilizamos nossas informações para interagir no ambiente virtual, seja se cadastrando em um site ou fazendo uma compra, acabamos compartilhando muitos dos nossos dados.

Publicidade
Publicidade


Através de técnicas de hackeamento, os criminosos têm conseguido acessar os dados de muitas pessoas e, assim, identificar possíveis vítimas.

Eles descobrem dados importantes como número de documentos, de cartões de crédito, telefone e até endereço, por isso é muito importante tomar cuidado com os seus dados.

Existem diferentes formas em que os criminosos utilizam essas informações e os seus métodos são cada vez mais sofisticados, que vão muito além de uma “simples” clonagem do seu cartão.

Publicidade


Então, como esses criminosos estão atuando? Como se proteger?

Golpes com cartão: o que esperar?

 

Publicidade

Como mencionei, esses golpes não são novidade e possuem muitas modalidades, incluindo as voltadas para os cartões de crédito, e são cada vez mais sofisticadas.

Publicidade


Para complicar, a Polícia também tem muita dificuldade em recuperar os valores perdidos, principalmente porque o sigilo bancário envolve uma legislação complicada.

E como os bandidos têm atuado? Veja alguns exemplos:

  • Eles compram as suas informações

Publicidade


Existem hackers especializados em atacar e roubar informações de bancos de dados na internet.

Publicidade

Esses bancos são onde estão armazenadas as informações sobre você, a medida em que são utilizadas e esses dados são vendidos para o mundo inteiro.

Por exemplo, se você se cadastrar num site ou fizer uma compra, mesmo que seja na padaria, essa informação vai para um banco de dados e, se ele não for seguro, pode ser atacado.

Publicidade


  • Golpe do cartão clonado

Este é o golpe mais conhecido e que tem ficado cada vez mais sofisticado, atingindo muitos brasileiros no último ano e preocupando a Polícia Federal.

Com posse de todos os seus dados, eles passam a atuar para clonar o seu cartão.

Publicidade
Publicidade


A forma mais comum de fazer isso é literalmente é comprar com o seu cartão em diferentes lojas, até que o seu limite estoure ou o cartão receba um bloqueio.

Entretanto, como mostrado na reportagem do Fantástico, o processo tem ficado cada vez mais sofisticado.

Uma das principais formas de aplicar o golpe do cartão de crédito é convencendo a vítima de que o cartão foi clonado.

Publicidade


Veja bem, o bandido tem os seus dados e sabe quem você é agora ele quer a senha para usar o seu cartão em paz, sem que você o bloqueie antes que ele possa usar o dinheiro.

O nível de sofisticação, como mostrado na reportagem, envolve grandes quadrilhas que se passam por diferentes funcionários do emissor do cartão, chegando até a fazer “perícia técnica” no seu cartão.

Publicidade
  • Roubo com maquininha

Publicidade


A situação é tão agravante que os criminosos têm as suas próprias maquininhas de cartão para passar o seu e fazer um limpa na sua conta.

Qualquer cartão roubado ou clonado pode ser usado para esse procedimento e, se eles tiverem acesso à sua senha, a situação fica ainda mais alarmante.

  • Quadrilha que ajuda quadrilha

Publicidade


Não engane-se: o esquema é muito maior do que você pode imaginar. Existem escritórios especializados em dar golpes do tipo.

Publicidade

Literalmente, escritórios do crime, com fornecimento de diversos serviços de outros prestadores para manter o esquema rodando.

São várias as formas em que você pode sofrer um ataque, por isso é essencial se proteger:

Publicidade


Cuidados para evitar golpes do cartão de crédito

 

Existem alguns cuidados que você deve se atentar, e alguns são bem básicos:

  • Não utilize a mesma senha para diferentes serviços (cada cartão seu deve ter uma senha diferente!)
  • Não confirme nenhum dado seu por telefone ou mensagem
  • Jamais poste nas redes ou envie fotos dos seus documentos para pessoas desconhecidas, nem os repasse seus dados
  • Mantenha o antivírus do seu computador atualizado, assim como preste atenção na segurança do seu celular
Publicidade
Publicidade


Aqui estão 5 cuidados especiais para evitar golpes com o cartão de crédito:

1. Use um cartão virtual

 

Um dos grandes benefícios dos bancos digitais, como o Inter ou o Nubank, é que eles contam com cartões digitais que pode ser, inclusive, descartáveis.

Publicidade


Então, ao fazer compras pela internet, prefira usar esses cartões virtuais e evite usar o seu cartão principal.

Essa também é uma excelente opção para fazer assinaturas on-line, como Netflix, Spotify etc. sem ter que usar os dados do seu cartão em nenhum dispositivo.

Publicidade

2. Só lide com o seu cartão na plataforma do seu banco

 

Bancos como Inter, BancoPan e Nubank, entre outros bancos digitais, contam com uma plataforma segura onde você pode ver tudo sobre o seu contato.

Publicidade


O mesmo se estende ao contato: nenhum banco vai te chamar no Whatsapp para pedir seus dados, então só converse sobre os dados do seu cartão dentro dessas plataformas, ou com o seu gerente no banco local!

3. Use uma carteira digital

 

Outra forma de evitar a necessidade de “espalhar” os dados do seu cartão por aí é usando uma carteira virtual, como o Google Pay ou Facebook Pay.

Publicidade


Essas carteiras têm tecnologia de ponta para proteção dos dados e mantêm seus dados seguros.

Publicidade

Aí é só você cadastrar o seu cartão (inclusive o virtual) e pagar pelo app da carteira!

4. Use fatores de segurança biométricos

 

Publicidade


Sempre que possível, altere a sua senha. Melhor que isso, se possível, verifique se existe a opção de senha biométrica, seja por voz ou digital, sobre os seus dispositivos.

As senhas de palavras e números estão cada vez mais vulneráveis e as senhas biométricas é a nova tendência em segurança.

5. Cuidado com onde compra

 

Publicidade
Publicidade


Essa é uma dica antiga, mas de ouro: cuidado com os sites onde você compra. Se não tem certeza da segurança da loja ou do site, evite usar seu cartão.

Espero que tenha gostado dessas dicas e espero também que adote essas medidas para se proteger!

Quer entender como funciona o golpe do FGTS que está gerando grandes prejuízos e saber como se proteger? Confere o nosso artigo!

Publicidade