Auxílio Brasil, o novo Bolsa Família: quem vai poder receber?

O Auxílio Brasil vai trazer novas mudanças para quem recebe benefícios. Entenda tudo aqui!

Auxilio Brasil

O Auxílio Brasil é uma modalidade de benefício que vai substituir o Bolsa Família – entenda como!

Publicidade


O Auxílio Brasil é um novo programa de transferência de renda, que dará lugar ao então conhecido Bolsa Família.

Publicidade

Basicamente, este auxílio terá as mesmas regras do Bolsa Família, contudo, a nova versão do programa tem como foco desvincular o projeto do partido político que o implementou.

Publicidade


O programa só será lançado em novembro; contudo, as notícias podem ser animadoras.

Hoje trazemos para você tudo que se sabe até agora sobre o Auxílio Brasil – continue lendo para conferir!

Neste artigo você vai ver:

Publicidade


  1. Quais as vantagens que o Auxílio Brasil pode trazer?
  2. Como vai funcionar?
Publicidade

Quais as vantagens que o Auxílio Brasil pode trazer?

Apesar de ter as mesmas características do Bolsa Família, alguns detalhes sobre o Auxílio Brasil ainda não foram definidos.

Publicidade


Assim, não é possível saber, por exemplo, o valor do benefício.

Contudo, espera-se que o valor do Auxílio Brasil seja até 50% maior do que o antigo Bolsa Família.

Deste modo, pode-se esperar que famílias de baixa renda se beneficiem com um valor que pode chegar até R$ 400,00.

Publicidade
Publicidade


Atualmente, podem receber o Bolsa Família as famílias:

  • extremamente pobres, que ganham até R$ 89,00 por pessoa por mês;
  • pobres, com renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa.

Lembrando que as famílias pobres participam se tiverem gestantes, nutrizes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

Publicidade


Como vai funcionar?

Os abonos do Auxílio Brasil se dividirão em 9 abonos.

Publicidade


Desses, 3 são de cunho básico, que vão abranger todas as famílias que receberão o benefício, e 6 que poderão complementar o valor do benefício.

Veja quais são:

Benefícios de cunho básico

Publicidade


  • Primeira infância – para famílias que possuam crianças de 0 a 36 meses incompletos.
  • Composição familiar – valor destinado para jovens entre 18 a 21 anos incompletos para que possam estudar e concluir, pelo menos, o ensino médio.
  • Superação da extrema pobreza – destinado a famílias que estão na faixa de extrema pobreza.

Benefícios complementares

  • Auxílio esporte escolar: este será um valor destinado a estudantes entre 12 e 17 anos incompletos, membros das famílias que possuam o referido auxílio e que tenham destaque nos esportes.
  • Bolsa de iniciação científica Júnior: valor criado para ajudar alunos com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas.
  • Criança cidadã: para famílias com crianças com idades entre 0 e 48 meses que não encontram vagas em creches.
  • Inclusão produtiva rural: para produtores rurais, inscritos no Cadastro único, que pode durar um período de até 36 meses.
  • Inclusão Produtiva Urbana: destinado aos beneficiários do programa que conseguirem um emprego formal para que sejam estimulados a permanecerem em seus empregos.
  • Benefício Compensatório de Transição: pago a famílias que estão no processo de migração de um programa para outro, para que não sofram com esse processo.

O que fazer para receber o Auxílio Brasil

Publicidade


Em primeiro lugar, é preciso manter o CadÚnico atualizado.

Caso você ainda não tenha se cadastro, precisa fazê-lo em um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou num posto de atendimento do Cadastro Único ou do Bolsa Família

Esse cadastro pede certidão de nascimento, de casamento (caso seja casado), carteira de trabalho e título de elitor.

Publicidade


Se você for indígena, precisa apresentar o Registro Administrativo de Nascimento Indígena (Rani).

Depois de feito, você pode acompanhar o andamento da análise do seu cadastro no app Meu CadÚnico (Android e iOS).

Como manter o benefício

As famílias participantes do programa precisam realizar alguns requisitos para continuar recebendo o benefício, como, por exemplo:

Publicidade


  • crianças menores de 7 anos precisam estar com as vacinas em dia e receber um acompanhamento de seu crescimento em postos de saúde;
  • crianças e adolescentes de 6 a 15 anos precisar ter no mínimo 85% de presença nas aulas de sua escola;
  • membros de 16 a 17 anos precisam ter presença de no mínimo 75%;
  • grávidas precisam manter a vacinação em dia e participar de todas as consultas do pré-natal.

O Auxílio Brasil é um programa que, assim como muitos outros, tem como foco ajudar famílias com baixa renda, como auxílio emergencial, por exemplo.

E você sabia que dá pra receber o seu auxílio pelo PicPay? Você recebe o seu dinheiro antes e ainda ganha cashback!

Confira tudo no link abaixo.

Publicidade


Gostou? Então não deixe de acompanhar todos os conteúdos!

Por fim, fique atento à sua caixa de e-mails para receber ofertas exclusivas do Bomfin que tem tudo a ver com o seu perfil.