Cartão de crédito para negativado

[Aula 4 de 36]

Como mencionamos, a análise de crédito serve para dar garantia ao banco de que você é capaz de quitar a dívida do seu empréstimo, cartão ou mesmo cheque especial.

Para tanto, os bancos avaliam uma série de requisitos que vão formar o seu “perfil” enquanto consumidor.

Publicidade


Atualmente, os bancos estão mais maleáveis e é possível conseguir o seu crédito mesmo em situações em que seu score está baixo ou seu nome negativado.

Dentre esses requisitos comumente avaliados, podemos destacar:

Publicidade

Restrições cadastrais em seu nome

 

Publicidade


A primeira coisa que todo banco vai fazer é conferir se existem pendências no seu nome. Ou seja, ele vai pesquisar nos órgãos de proteção ao crédito, como o SERASA e SPC.

Utilizando seu CPF, no caso de pessoas físicas, ou o CNPJ, para pessoas jurídicas, é possível fazer uma verificação quase completa sobre o seu histórico como pagador.

Nesse sentido, o banco consegue identificar se há ou não restrições, quais são elas, se existem atrasos na quitação dessas obrigações, protestos, impeditivos judiciais e muito mais.

Publicidade


Análise do seu perfil

 

Publicidade

Além da consulta cadastral dos seus débitos, também é avaliado o seu perfil, no sentido de conferir se as suas contas são pagas em dias, se seus dados cadastrais estão atualizados e o seu tempo de relacionamento com o banco.

Tudo isso conta para chegar ao seu score, que é a sua pontuação.

Publicidade


Também podemos destacar os indicadores cadastrais e históricos, que avaliam a idade, renda, estado civil, local de habitação, assim como o histórico das suas requisições de crédito.

Ou seja, são avaliadas as vezes e frequência com que você solicitou crédito em outros bancos e financeiras, por exemplo.

Comprovantes de renda

 

Publicidade
Publicidade


Como já mencionado, outra forma de avaliar a sua oferta de crédito é através da comprovação de renda.

Este documento demonstra ao banco ou financeira o seu fluxo de dinheiro e, assim, evidencia que você possui rendimentos para efetivamente quitar o seu empréstimo ou financiamento, por exemplo.

Então, é importante saber como está a sua situação cadastral, identificando suas pendências para, então, começar a aumentar o seu score e, consequentemente, a sua oferta de crédito.

Publicidade


Esses são todos aspectos de como os bancos te veem enquanto consumidor.

Esses aspectos vão definir o valor liberado, a taxa de juros e até mesmo a quantidade de parcelas para o seu empréstimo ou financiamento, assim como em relação ao limite do seu cartão de crédito.

Vale também mencionar que o score não é o único aspecto avaliado pelo banco para liberar crédito. Como já citamos, um dos requisitos pode ser o seu tempo como cliente de determinado banco.

Publicidade


Por outro lado, existem bancos que avaliam também questões como a quantidade de movimentações de dinheiro feitas sua conta, o seu uso de cartão de crédito ou se você usa ou já usou outros serviços, como empréstimos, por exemplo.

Da mesma forma, é importante que você cuide da sua vida financeira para conseguir ter crédito no mercado.

Então, como consultar a sua situação cadastral? Vou te explicar na aula 5, deste 1º Módulo, logo a seguir!